Portes grátis para encomendas superiores a 35€ via CTT
HEPAVETSIL - Proteção da Função Hepática para cães e gatos
HEPAVETSIL - Proteção da Função Hepática para cães e gatos

HEPAVETSIL - Proteção da Função Hepática para cães e gatos

19,95 €  

Adicionar à wishlist

HEPAVETSIL - Alimento complementar para animais, gatos e cães de raça pequena até 10kg. Este produto foi desenvolvido para o auxílio e suporte nutricional da função hepática e em casos de insuficiência hepática crónica.

HEPAVETSIL tem na sua composição:

Betaína - A betaína também chamada de trimetil-glicina (TMG) é uma substância relacionada com a função hepática, a divisão celular e está envolvida também na síntese da carnitina1. A betaína procede do metabolismo da colina e pode dar lugar ao aminoácido glicina quando cede os seus metilos. Dentro das funções da betaína está a de atuar como osmorregulador protegendo as células, moléculas como proteínas e enzimas, e tecidos como a mucosa gástrica. A principal reação metabólica da betaína é a transferência de um grupo metilo à molécula de homocisteína formando assim uma molécula de metionina. A L-carnitina1 tem diferentes campos de ação e a sua principal função é permitir a obtenção de energia. Trata-se de um elemento chave para a oxidação dos ácidos gordos de cadeia longa, introduzindo-os no interior da mitocôndria para libertar energia em forma de ATP (trifosfato de adenosina). A L-carnitina não é um queimador de gorduras, senão um transportador que permite que as gorduras sejam utilizadas como fonte de energia. Sem a L-carnitina, os depósitos de gordura não podem ser utilizados e permanecem armazenados nas células do tecido gordo e na corrente sanguínea.


Cardo Mariano (Silimarina) - Trata-se de uma substância presente na planta Cardo Mariano, utilizada há muitos anos pelos seus benefícios e efeitos terapêuticos. É uma planta utilizada como coadjuvante em medicina para problemas no fígado e na vesícula biliar, Hepatite, Cirrose hepática, Inflamação hepática crônica, Lesões hepáticas causadas pelo excesso de toxinas. É utilizada no tratamento de hepatopatias crônicas, cirrose, esteatose e lesão hepatotóxicas. A Silimarina impede a peroxidação dos lipídeos da membrana celular e das organelas dos hepatócitos, protegendo desta forma, a integridade e a função hepática de eventuais substâncias tóxicas, tanto de origem endógenas, como exógenas. Age aumentando a síntese de RNA mensageiro, o que acelera a síntese proteica.


Curcuma (Curcuma Longa) - A curcuma é uma raiz que pertence à família das zingiberáceas. A sua cor alaranjada provém da presença de compostos fenólicos denominados curcuminoides. A curcumina (princípio ativo) é o principal curcuminoide que se encontra na curcuma (75%) daí que, de um modo geral, seja considerada o seu composto ativo. A curcuma apresenta importantes propriedades antioxidantes, antimutagênicas, anti-inflamatórias, antidiarreicas, antiescorbúticas (combate o escorbuto), é hepatoprotetora, antiespamódica (suprime espasmos musculares), imunomoduladora (atua no sistema imunológico), antiagregante (evita a agregação plaquetária). Por este motivo é um importante aliado como coadjuvante do tratamento de problemas hepáticos.


Vitamina E - A vitamina E é um excelente antioxidante, aumenta as defesas do organismo e diminui a inflamação no fígado.


Modo de emprego:
Administrar em toma única diária, diretamente na boca ou misturado com outros alimentos, de acordo com o peso corporal, por um período nunca inferior a 30 dias. Comprimidos palatáveis com sabor a fígado.

Também poderá gostar de

×